RÁDIO

ARATICU FM
87,9MHz
Oeiras do Pará

Paysandu recebe parcela pela venda de Paulo Henrique Ganso ao Sevilla

22 SET 2017
22 de Setembro de 2017
Clube paraense foi 'agraciado' com R$ 90 mil equivalente a 24 mil euros e aguarda a última parcel.

O Paysandu ganhou um fôlego a mais nesta reta final do mês de setembro. O clube recebeu cerca R$ 90 mil, o equivalente a 24 mil euros, pela venda do meia paraense Paulo Henrique Ganso do São Paulo ao Sevilla, da Espanha. O canhoto é cria da base do Bicola, de onde saiu em 2005 para o Santos (SP).


Ano passado, o clube já havia recebido algo em torno de 41 mil euros (mais ou menos R$ 150 mil). O Paysandu, que já recebeu 75% da verba, vai aguardar agora os 25% restantes, correspondentes a uma quantia próxima de 20 mil euros. Ao todo, a venda de Ganso do São Paulo-SP para o Sevilla vai render mais de R$ 300 mil para o clube bicolor.


Antes, o Papão chegou a receber uma quantia de mais de R$ 460 mil por conta da primeira transação do meia, quando saiu do Santos (SP) para o Tricolor paulista, na negociação mais cara entre clubes brasileiros da história, um total de R$ 23,9 milhões.


Vice-presidente de Operações do clube, Alexandre Pires explica que a Diretoria do Papão monitorou os trâmites da negociação do atleta. "É um processo que se chama 'solidariedade'. Quando o clube que adquiriu o atleta não paga de forma consensual, se faz um requerimento através da Fifa. É uma espécie de processo. Nesse caso do Sevilla, não foi necessário acionar a Fifa. Eles pagaram de forma consensual a partir do momento que o clube apresentou toda a documentação provando que o Ganso passou pelo paysandu", disse o advogado.

Além do meio-campista, a Diretoria do Paysandu também faz um levantamento da documentação do atacante Giovanni Augusto, também com passagem pela Curuzu e hoje no Corinthians-SP, assim como o atacante Lima, do Al Ahli-ARA, que já está com o caso mais adiantado, na Fifa.

Voltar

ACCOP - ASSOCIAÇÃO DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA DE OEIRAS DO PARÁ