RÁDIO

ARATICU FM
87,9MHz
Oeiras do Pará

Para sobreviver na Série B, Paysandu tem que ganhar os próximos jogos em casa..

29 AGO 2017
29 de Agosto de 2017
Estacionado na 14ª colocação da Série B, com 27 pontos, o Paysandu fará, nas duas próximas rodadas do Brasileiro, apresentações em casa, diante de sua torcida. Uma ótima chance, sem dúvida, para a equipe dar um grande salto na tabela de classificação. Vencendo, o Papão chegará a 33 pontos, podendo atingir até a sétima posição, posto ocupado, hoje, pelo CRB-AL, que soma 32 pontos, dois a menos que o Juventude-RS e Paraná-PR, sexto e quinto colocados respectivamente. Mas o retrospecto bicolor em situações como essa não é dos mais animadores.

Nas duas vezes em que disputou seis pontos consecutivos jogando diante de sua torcida, o Papão foi simplesmente decepcionante, obtendo três empates e, pior ainda, sofrendo uma derrota, em partidas contra equipes que hoje não fazem parte do G4 da competição, no caso, Juventude-RS, Boa Esporte-MG, Luverdense-MT e Londrina-PR. Agora, os bicolores terão pela frente o América-MG e o ABC-RN, nos dias 8 ne 16 de setembro. Uma boa oportunidade para que a equipe acabe não só com a sina de não jogar bem em casa, mas também de somar seis pontos seguidos.

Embora a derrota frente ao Inter-RS já tenha ficado para trás, como página virada na participação do time na Série B, a apresentação do Paysandu, na última sexta-feira (25), em Porto Alegre, está servindo de reflexão para os bicolores. O zagueiro Diego Ivo, por exemplo, viu na atuação bicolor algumas falhas, que, segundo ele, precisam ser evitadas nos dois jogos seguidos que o time fará em Belém, contra o América-MG e o ABC-RN, no próximo mês.

“Temos de aproveitar essa pausa no campeonato para descansar bem, ver os erros que cometemos e procurar corrigir todas essas falhas”, apontou. “São defeitos que não podemos voltar a cometer”, disse. O defensor fez mea culpa no lance que originou o primeiro gol do adversário. “Assumo que poderia estar um pouco melhor posicionado ali”, reconheceu. “Mas ficar se lamentando agora não vai adiantar de nada. O que temos de fazer e trabalhar para os próximos jogos”, amenizou.

APOIO DA FIEL

No desembarque da delegação do Paysandu, no início da tarde de sábado (26) em Belém, o técnico Marquinhos Santos e os jogadores do time tiveram a solidariedade de alguns torcedores que se encontravam no aeroporto de Val-de-Cães. Além dos tradicionais abraços e pedidos de autógrafos, em reconhecimento ao esforço da equipe na partida contra o Inter-RS, o treinador e seus comandados ouviram palavras de incentivo dos simpatizantes do clube.

Após posar para fotos com torcedores, o volante Nando Carandina, ressaltou a importância do apoio dos torcedores nos próximos jogo do time, que serão em Belém, contra o América-MG e o ABC-RN. “Que eles continuem fazendo isso. Eles não indo ao estádio, não vão ajudar a gente, então torcemos para que eles possam ir e encher o estádio novamente e que a gente possa fazer a nossa parte com a vitória”, declarou.

O meio-campista ressaltou a necessidade de o time voltar a pontuar na Série B. “Não tem outro pensamento: é ganhar as duas (partidas) e a gente tem condições para isso”, garantiu. “Vamos ter um tempo para trabalhar e preparar o time da melhor forma possível para os dois jogos”, lembrou.

JOGOS CONSECUTIVOS EM BELÉM 

17/06 – Paysandu 0 x 0 Juventude-RS – 8ª rodada - Mangueirão

20/06 – Paysandu 0 x 0 Boa Esporte-MG – 9ª rodada – Curuzu

30/06 – Paysandu 1 x 1 Luverdense-MT – 11ª rodada – Curuzu

04/07 – Paysandu 1 x 2 Londrina-PR – 12ª rodada – Curuzu

Pontos disputados: 12

Pontos conquistados: 3

Pontos perdidos: 9

Aproveitamento: 33%

PRÓXIMOS JOGOS

08/09 – Paysandu x América-MG – 23ª rodada – Mangueirão

16/09 – Paysandu x ABC-RN – 24ª rodada – Mangueirão
Voltar

ACCOP - ASSOCIAÇÃO DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA DE OEIRAS DO PARÁ