RÁDIO

ARATICU FM
87,9MHz
Oeiras do Pará

Após voltar a vencer, Papão encara em casa o Náutico-PE, lanterna da série B

18 JUL 2017
18 de Julho de 2017
Motivação é o que não falta ao Paysandu para encarar, hoje, a partir das 19h15, o Naútico-PE, no Mangueirão, pela 15ª rodada da Série B do Brasileiro. Depois de ter acabado com o jejum de 9 jogos sem vencer, ao bater o Vila Nova-GO, em Itumbiara-GO, o Papão espera aproveitar o vento favorável que sopra na Curuzu. Os bicolores, que dos 6 pontos disputados fora de casa, contra o Criciúma-SC e Vila, obtiveram 4, não abrem mão de somar mais 3 e, assim, saltar da 14ª colocação para posto mais próximo do G4 do campeonato.

O time bicolor pode até chegar a 8ª posição, dependendo de uma composição de resultados nos jogos envolvendo equipes que estão na parte de cima da tabela de pontuação e até alguns times que estão abaixo. Pelo menos por enquanto não dá para o time pensar em G4. Só mesmo uma vitória frente ao Timbu poderá fazer com que o grupo comandado pelo técnico Marquinhos Santos possa voltar a sonhar com uma das 4 vagas do “pelotão” de frente do campeonato.

A partida marca o reencontro do Papão com o Mangueirão, onde o time disputou 3 dos 7 jogos que fez até aqui como mandante. Jogando no estádio estadual, dos 9 pontos que disputou, contra o Internacional-RS, Goiás-GO e Juventude-RS, a equipe bicolor obteve 4 pontos, com uma vitória, um empate e uma derrota. Em termos de público, o total de torcedores nas partidas chegou a 19.765 pagantes, o que dá uma média de 6.588 pessoas por partida. E o público, na opinião de Marquinhos Santos e de seus comandados poderá fazer a diferença hoje.

“O maior reforços do Paysandu é a sua torcida”, afirmou o treinador bicolor após a vitória sobre o Vila, quando conclamou a Fiel a comparecer em peso ao estádio. “Precisamos ter o Mangueirão lotado, com o torcedor apoiando o time”, afirmou. E o torcedor tem pelo menos 3 bons motivos para comparecer em peso ao estádio. Além da vitória obtida pelo time fora de casa, os preços dos ingressos nos valores de R$ 30 (arquibancada) e R$ 50 (cadeira) foram mantidos e o horário, sempre muito questionado em jogos no local, é bastante convidativo. É espera que o torcedor, agora, faça a sua parte, atendendo ao pedido do treinador e dos atletas bicolores.
Voltar

ACCOP - ASSOCIAÇÃO DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA DE OEIRAS DO PARÁ