Menu

 RÁDIO

ARATICU FM
87,9MHz
Oeiras do Pará

Ordem no Remo é fazer bonito na reta final da Série C

08 DEZ 2020
08 de Dezembro de 2020
Jogadores do Leão Azul riscam do dicionário o verbo “tropeçar” e prometem jogar com raça no quadrangular para confirmar a estatística que coloca o clube como um dos favoritos

O Clube do Remo já tem data, hora, local e adversário para a sua estreia na etapa mais importante da Série C desta temporada. Neste sábado (12), a partir das 17h, o Leão Azul dará o primeiro passo em direção ao sonhado acesso à Segunda Divisão Nacional do ano que vem, contra o Londrina-PR, no estádio do Café. O duelo marcará a estreia azulina neste novo formato do regulamento desde que o time voltou a disputar a Terceirona, em 2016. Até por isso, o desejo em fazer bonito e iniciar essa nova jornada é grande.

Com vontade de apagar a péssima atuação do time no clássico Re-Pa do último sábado (5), quando a equipe optou por não jogar e evitar qualquer contratempo justamente para entrar com 100% diante do Tubarão, o objetivo agora é jogar para vencer do início ao fim. E a estratégia adotada pelo grupo no final de semana, embora amplamente criticada, teve fundamento. Isso porque o adversário da vez possui um fator impecável até o momento: a invencibilidade como mandante. Em nove partidas em casa, o Londrina conquistou oito vitórias consecutivas e um empate, sendo este resultado na sua estreia frente ao Criciúma.

O setor defensivo do Leão, o melhor de toda a competição até aqui, terá um trabalho importante frente ao primeiro rival do quadrangular decisivo, e os jogadores esperam mais uma vez neutralizar e ajudar as jogadas inimigas, fazendo com que os companheiros de ataque sintam-se tranquilos e motivados para balançarem as redes. “A gente manteve o bom desempenho na primeira fase e esperamos que nesse mata-mata de acesso possamos conseguir manter novamente. Temos certeza que o nosso ataque tem qualidade para conseguir os resultados positivos”, espera o zagueiro Rafael Jansen.


MATEMÁTICA

Na busca do maior objetivo do ano, o Leão terá pela frente seis jogos decisivos para atingir o acesso. Nesse sentido, mesmo sem estrear nesta segunda etapa, a calculadora já se faz presente no pensamento dos atletas, ao calcular uma pontuação mínima para a retomada à Segunda Divisão Nacional. “Vencendo as três primeiras partidas a gente já dá um grande passo. Vencendo as três primeiras, dependendo de outros resultados, a gente já fica a um ou dois pontos. Mas matematicamente, 12 pontos ou mais”, avalia Jansen.

Pelo fato de o time fazer duas, das três primeiras partidas fora de casa, com viagens longas a Londrina e Erechim, Jansen rechaçou qualquer bronca quanto à desgaste. “Na primeira fase tivemos o mesmo desgaste e não atrapalhou. Não vai ser agora nesta fase que vai atrapalhar o nosso acesso que tanto nós jogadores como o clube almejamos muito”, pontua.

O site Chance de Gol apontou 56.9 % de probabilidade do Remo conseguir uma das vagas do grupo à Série B, com 27,9% de chance de seguir para a disputa do título da Terceirona. O Leão só está atrás do Paysandu nessa estatística. O time bicolor tem 68.8% de probabilidade de acesso e 39.7% de chance de ir à final. Já o Ypiranga tem 23.2% de chances de ir à final e 48.1% de acesso. Por fim, o Londrina tem 9.2 % de chances de terminar em 1º lugar do grupo e 26.2 % de acesso.

Voltar

ACCOP - ASSOCIAÇÃO DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA DE OEIRAS DO PARÁ

Tenha também o seu site. É grátis!