RÁDIO

ARATICU FM
87,9MHz
Oeiras do Pará

Em penúltimo lugar na tabela, o Remo enfrenta o lanterna Náutico

09 JUN 2018
09 de Junho de 2018

De maneira distinta da qual tinha sido planejada, ainda no final do ano passado, o Clube do Remo se encaminha para a reta final do primeiro turno da fase classificatória da Série C do Campeonato Brasileiro, na zona de rebaixamento. Para piorar, no duelo de hoje, às 16h, diante do Náutico, na Arena Pernambuco, a equipe brigará para não encerrar a primeira metade da competição na lanterna do Grupo A, já que novo revés colocará o time na rabeta da tabela.

Para o grupo de jogadores da equipe, contudo, a partida é vista de outra forma. Focados em encerrar de uma vez por todas a maré de azar, os profissionais do time azulino acreditam que no duelo desta tarde, válido pela última rodada dos jogos de ida, é a chance para engrenar e engatar uma série de resultados positivos na tabela.

O pensamento, inclusive, parte do princípio que somente o triunfo interessa. Dessa maneira, confiantes pela produtividade exibida na rodada passada e, principalmente pelo momento ruim do adversário, que divide a estadia na zona da degola, o treinador Artur Oliveira aposta no retorno de duas peças à onzena titular, para o incremento em campo: o ala Esquerdinha e o meio-campista Everton.

CRIAÇÃO

Atleta que mais agradou na meia-cancha desde a entrada em campo, Everton demonstrou ser a principal ferramenta do time no setor de criação. Responsável pelas iniciativas de jogada para o setor ofensivo e em bolas paradas, o intuito é que as características do jogador se elevem, devido à cobertura de Rodriguinho, que atuou bem diante do Salgueiro, e de Rafael Bastos, que joga mais adiantado.

De acordo com Everton, que deverá reassumir a camisa 10, essa é a partida das mudanças. “Fiquei ausente no último jogo e não pude ajudar os companheiros. Agora é diferente, vou jogar e vou poder fazer com que o time jogue também. Não podemos mais permitir erros. O treinador mudou o estilo, e essa é a hora pra gente mudar junto”, disse. “Tem muita coisa em jogo, mas se Deus quiser vamos sair vitoriosos e buscar uma sequência para subir na competição”, destacou o jogador.

Rival quer entregar a lanterna

Com a pior campanha do Grupo A da Série C até o momento, o Náutico tem surpreendido de forma negativa os seus torcedores, na competição. Passando todo o primeiro turno na parte de baixo, hoje, o time ocupa a lanterna da sua chave. No entanto, para a partida desta tarde diante do Remo, em casa, o Timbu espera repassar a rabeta para os azulinos, em caso de uma vitória sobre a equipe paraense.

Para o duelo, o treinador Márcio Goiano contará com o retorno do atacante Ortigoza, recuperado de virose.

Além do atacante, que é a principal peça do setor ofensivo, o comandante terá como auxiliar o volante Jhonnatan, cria do Leão e que soma passagens também pelo Paysandu, na tentativa de ajudar de alguma forma o bom desenvolvimento da equipe.

Precisado reagir na tabela, Goiano sabe que nova derrota, ainda mais em casa, poderá comprometer de vez a situação do time na competição. “Não esperamos moleza. Mas o time deles vem de uma situação parecida com a nossa. Treinamos bem e precisamos correr atrás do prejuízo”, comentou.

BOA NOVA

Ave, Esquerdinha voltou e volta ao time titular

Após duas rodadas contando com o zagueiro Bruno Maia, improvisado na posição, já que as três opções imediatas para o setor estavam de molho no departamento médico, finalmente a lateral esquerda do Clube do Remo contará com um jogador de ofício na função: Esquerdinha, titular absoluto da ala, retornará ao time após estar 100% recuperado de lesão na panturrilha.

A entrada do atleta no novo sistema tático azulino é positiva, por conta da sua transição entre os setores, tirando assim, o sobrepeso da ala direita, que no jogo passado ficou sobrecarregada das funções de ataque e defesa.

E conforme Esquerdinha, mesmo estando duas semenas sem entrar em campo de maneira oficial, garante estar em forma para ajudar o time a reverter à péssima fase na competição.

“Estou recuperado. Não iria comprometer o time se não estivesse em forma para ajudar”, comentou o jogador. “Sabemos que viemos de resultados ruins, mas que temos condições de mudar isso e sair de lá com uma boa vitória. Espero ajudar o meu time a sair com os três pontos do jogo”, almeja o lateral.

Deixar a zona vermelha é o objetivo

META AZULINA

O triunfo é a palavra de ordem do Remo para o duelo de hoje, diante do Náutico. Mas, para isso, o Remo precisará calibrar a pontaria e, principalmente, a confiança no arremate final, para balançar as redes e encaminhar a vitória. A preocupação pela falta de gols, no entanto, não é a única do grupo. De acordo com o goleiro Vinícius, o time que tem atentar para todos os setores, para não dar brechas para que o rival cresça e acabe surpreendendo, como na partida diante do Salgueiro, ocasião que o Carcará aproveitou a única oportunidade no primeiro tempo que teve, para sair vitorioso.

O cuidado do arqueiro é válido, pois, além de enfrentar o Timbu em seus domínios e que conta, assim como o Leão, com a vitória para sair da zona de rebaixamento, o número de tentos sofridos pela agremiação remista foi alto, nos últimos três jogos: 6 gols.Por isso, de acordo com o goleiro, o foco em balançar as redes precisa ser tão grande quanto ao suporte com a defesa. “Não podemos mais vacilar. Precisamos vencer, é verdade. O time tem evoluido, apresentou um ritmo diferente. É acertar o pé. Mas como o Artur diz, e nós do grupo também concordamos, é que temos que dar o apoio com a defesa também, porque é o coletivo. Acredito em uma boa vitória no jogo, e que vamos sair da zona o quanto antes”, enfatizou o camisa 1.

Zaga

Companheiro de setor de Vinícius, o zagueiro Mimica endossa o argumento do goleiro, ao apontar o posicionamento defensivo do time para o jogo desta tarde. Para Mimica, dependo da postura do adversário, os jogadores de trás deverão dar o suporte necessário para os companheiros da frente.“Nossa equipe estudou bem eles, né? Eles vão pra cima, dentro de casa. Vão pra fazer o resultado, com volume de jogo. É procurar se fechar e não dar espaço, ganhar a última bola e sair pro jogo”, disse.

RETORNO DO REI

TOBOGÃ PRONTO

- A comissão de torcedores responsável pelas obras de reforma e revitalização do estádio Evandro Almeida, deram mais um passo com os objetivos da iniciativa. Hoje à tarde, o projeto Retorno do Rei entrega o tobogã da Avenida Almirante Barroso.
- A expectativa, conforme os organizadores, é exibir, também, o novo gramado do alçapão, que conta com 90% da implantação adiantada. A entrega será feita durante evento festivo, no início da tarde.
- ServiçoArraial do ReiLocal: BaenãoQuando: hojeHora: 13h33Entrada: R$ 15 (todo valor será revertido para as obras do Baenão)

Voltar

ACCOP - ASSOCIAÇÃO DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA DE OEIRAS DO PARÁ